terça-feira, 14 de agosto de 2012

Ilha de Marajo

Ilha de Marajó

Marajó é uma ilha localizada na foz do rio Amazonas no Brasil. Faz parte do estado do Pará.
Com uma área de 40,100 km ², o que compara com o tamanho da Suíça, é a maior ilha a ser completamente cercada por água doce do mundo. Apesar de sua costa nordeste enfrenta o Oceano Atlântico, a saída da Amazônia é tão grande que o agua do mar na boca é doce por alguma distância da costaA cidade de Belém fica ao sul, através do garfo sul (também chamado de rio Pará ) da boca do rio. A ilha fica quase diretamente sobre o Equador.
Juntamente com menores ilhas vizinhas, separadas de Marajó por rios, forma o arquipélago de Marajó, com uma área total de 49,602 km ² (19.151 sq mi).
Grande parte das ilhas são inundadas durante a estação da chuva,  por causa de maiores níveis de água do Rio Amazonas ao longo da costa e de fortes chuvas no interior.
A leste da ilha é dominada por savana vegetação. Existem grandes fazendas com criação de animais. Esta é também a localização do Lago Arari , que tem uma área de 400 km ², mas diminui em 80 por cento durante a estação seca. Hoje em dia há grandes rebanhos domesticados de búfalos na ilha. O oeste da ilha é caracterizada por florestas de várzea e pequenas fazendas. Madeira e açaí são produzidos lá.
Ao norte da área de savana são grandes pântanos de palmeiras, principalmente com buriti ( Mauritia flexuosa ) e Euterpe oleracea .Durante a estação chuvosa, os pântanos são inundadas um metro de altura. Pouco se sabe sobre a ecologia desses pântanos.
Há 20 grandes rios da ilha.
Por causa do nível das águas oscilantes e inundações regular, muitos assentamentos são construídos sobre palafitas ( palafitas ).
As cidades mais importantes são, no sudeste da ilha: Soure , Salvaterra , e a maior cidade.  Eles possuem uma infra-estrutura básica e turística são populares por causa das praias solitárias generosas.
A ilha é partilhada por 16 municípios de três microrregiões:












Tralhoto é o nome dado a duas espécies de peixes pelágicos amazônicos da família Anablepidae, a Anableps anableps e a Anableps microlepis. O gênero Anableps inclui ainda outra espécie, a Anableps dowi, presente mais ao norte, nas costas da América Central e do México.
Devido a presença de uma estrutura dupla nos olhos proeminentes acima da cabeça, o tralhoto também é popularmente conhecido como peixe-de-quatro-olhos1 2 : a córnea de cada olho está dividida horizontalmente em duas zonas, a de cima fortemente convexa e a de baixo plana; essa singular característica também divide cada pupila em duas, a de cima adaptada à visão fora da água e a de baixo adaptada à visão subaquática3 .
As duas populações de tralhoto ocorrem juntas e são encontradas tanto em água doce quanto salobra do estuário amazônico. Estudos revelaram, entretanto, que cada espécie tem preferência quanto ao teor de sal na água: a A. anableps predomina no inverno, quando a água está doce, e a A. microlepis predomina no verão, quando a água está mais salobra4 .
Uma curiosidade observada no tralhoto é que tanto os machos quanto as fêmeas possuem orgãos sexuais orientados, ou para a direita, ou para a esquerda, ocorrendo a cópula apenas em pares invertidos: machos destros com fêmeas canhotas e machos canhotos com fêmeas destras.







Areias branquinhas - Praia do Pesqueiro - Ilha de Marajó (Soure - Pará) Um lugar pra relaxar e apreciar a beleza da natureza... Um misto de belas praias oceânicas, de rios e com a Amazônia. Assim é o litoral Paraense!







Outro destaque da ilha, é o lugar de maior rebanho de búfalos do Brasil, cerca de 600 mil cabeças.




Praia do Pesqueiro, Ilha de Marajo
A praia de maior estrutura de Soure é esta que conta com vários quiosques. Na ocasião, fiquei no quiosque Maloca Nosso Deus que prestou um bom atendimento com bebidas geladas, caranguejo muito bem temperado e super saboroso e uma isca de dourada que você tem vontade de comer para sempre de tão saborosa, macia, carne branquinha - uma delícia